Veterinário é assassinado por assaltante em Lagarto

latrocinio_veterinario_lagarto_g-299x250Por volta das 12 horas deste domingo, dia 20, o veterinário Ginaldo Araújo Neves, 50 anos, foi morto por disparo de arma de fogo em uma panificação no povoado Colônia Treze. O bandido abordou o homem dentro do estabelecimento e após o mesmo entregar a chave da motocicleta Honda, modelo Bros, o criminoso efetuou um tiro fatal. O delinquente chegou ao local a pé e após cometer o delito fugiu levando o veículo de duas rodas da vítima.

Ginaldo era veterinário conceituado da região e morava no povoado Rio das Vacas, também na zona rural Lagartense. Ele deixa esposa e duas filhas.

Na noite da última terça-feira, dia 15, foi morta na calçada da própria residência na Rua São Paulo, nas proximidades da Escola Estadual Dom Mário Rino Sivieri, quando uma dupla que circulava de motocicleta tentou roubar aparelho de telefone celular roubado. Assustada, a mulher correu para dentro de casa, sendo alvejada com um tiro à queima-roupa efetuado pelo passageiro.

Terezinha Oliveira do Nascimento era viúva e mãe de quatro filhos. Os jovens suspeitos pelo crime de latrocínio foram presos dois dias após ocorrido, sendo identificados como David Cardoso da Silva e Davisson Oliveira dos Santos, ambos de 18 anos. A dupla foi descoberta por meio de imagens de câmeras de segurança existente na rua onde a vítima morava.

Fonte: Gilson de Oliveira, Mais Notícias | HS 24 HORAS

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *