Usuários do NAT recebem dicas de como se portar durante processo seletivo

medium_668e9b7b3d62fea494e65b05a9d34628O trabalhador que busca uma vaga profissional ganha mais uma ferramenta do Núcleo de  Apoio ao Trabalho, o NAT. Além de realizar o encaminhamento do usuário para as vagas disponíveis, o núcleo fornecer orientação para que o trabalhador melhore sua apresentação em processos seletivos. Foi com esse objetivo que o NAT convidou, na manhã desta segunda-feira, 15, a psicóloga Rafaela Carvalho para falar sobre o mercado de trabalho, tratando especificamente da seleção de candidatos. A iniciativa faz parte das ações educativas realizadas na pela instituição.

A palestrante atua há sete anos na área de Recursos Humanos na Consultoria RH Banco de Gente e diviviu seu conhecimento no evento de hoje. A psicóloga especificou como funciona um processo seletivo e forneceu orientações para os candidatos que buscam se inserir no mercado. “O primeiro momento serviu para que eles conhecessem um pouco mais sobre o assunto tratado. Abordamos o mercado de trabalho, o processo de seleção, o primeiro contato com as empresas, e apresentei também um pouco mais do meu trabalho, já que na empresa atuo recrutando e selecionando candidatos”.

Para ela, proporcionar essa conversa aos usuários que comparecem diariamente ao NAT é fundamental. “Esse diálogo torna-se importante porque muitas vezes a pessoa está fora do mercado e não sabe como melhor se direcionar para a empresa em questão. Então, além de realizar o encaminhamento, oferecer capacitações e treinamentos também é extremamente importante. Ações como essa fazem as pessoas se sentirem respeitadas e saberem que estão sendo bem atendidas”, concluiu.

A ideia de trazer a psicóloga para conversar com os candidatos surgiu em um momento de capitação de vagas, quando a própria empresa se dispôs a oferecer informações sobre o assunto aos usuários do Núcleo. De acordo com a Diretora do NAT, Sandra Carvalho, eventos com esse engrandecem o trabalho realizado. “Nossa atividade se encerra quando encaminhamos nosso candidato, não interferimos no processo de seleção. Essa palestra tem um grande diferencial porque vai proporcionar a capacitação para esse usuário, muitas vezes desprovido de informações básicas sobre atitudes que podem vir a prejudicá-lo. Como a psicóloga representa também uma empresa que é responsável por realizar processos de seleção, ela tem uma vasta experiência sobre o assunto e as dicas são fundamentais para o candidato que está aqui”, comentou Sandra.

Ainda de acordo com ela, o retorno dos usuários está sendo bastante positivo em relação às palestras realizadas na unidade. “Isso é medido através das avaliações que os próprios usuários realizam diariamente aqui no NAT. É impressionante como, apesar do pouco tempo da ação, o resultado vem sendo significativamente positivo”, destacou.

Stefany Costa busca seu primeiro emprego e assistiu à palestra oferecida pelo NAT. Ela disse que está satisfeita com as dicas que foram repassadas. “Acredito que, como eu, muita gente que vem aqui não tem a informação necessária sobre o que realmente precisa ser feito para conseguir um emprego, o que colocar no currículo, nem como se apresentar de uma forma melhor, por exemplo. Às vezes a pessoa perde uma chance por cometer pequenos erros, e isso deve acontecer bastante, então é importante falar sobre o assunto”, contou.

Por: Agência Sergipe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *