Traipuense morre a caminho do hospital em Girau, médica se nega a dar atestado de óbito e polícia é acionada

Uma guarnição do 3° BPM foi acionada por funcionários públicos para atender a uma ocorrência no hospital José Enoque de Barros em Girau do Ponciano.

De acordo com os funcionários o médico plantonista havia se negado a dar atestado de óbito de uma vítima que havia passado mal e morrido a caminho do hospital.

A vítima identificada como Cícero Barbosa de Frias, 42 anos, reside no Sítio Boa Vista, zona rural do município de Traipu, sentiu fortes dores no peito quando estava na residência dela e foi socorrida por populares para o hospital mais próximo, no caso o de Girau do Ponciano.


Ao chegar ao local a guarnição encontrou o impasse entre familiares da vítima que não teria resistido as fortes dores e morrido no trajeto para o hospital e o médico plantonista. Contudo, após diálogo com a família o plantonista resolveu transcrever o atestado de óbito.

Por: Traipu Notícia com 7 Segundos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *