Simpósio de Ciências da Natureza e Matemática debate pesquisa científica nas escolas

“Foram dois de dias intensos de debates, estudos e intercâmbio científico entre professores, pesquisadores e alunos da rede estadual de ensino”. Com estas palavras, o professor Ronaldo Cristiano da Silva, que integra a organização do Simpósio Alagoano de Ciências da Natureza e Matemática (SALCINM), definiu o evento, que nos dias 2 e 3 reuniu professores das áreas de Ciências da Natureza e Matemática no Cepa em discussões acerca da importância da iniciação científica de alunos da rede pública.

De acordo com o professor Ronaldo Cristiano, o Simpósio teve uma aceitação muito boa e fortaleceu a pesquisa científica desenvolvida nas escolas da rede estadual. “Além disso, foram criados grupos de estudos para desenvolver pesquisas científicas na Educação Básica”, acrescentou.

 Feceal

Um dos pontos altos do Simpósio foi a primeira apresentação acerca da edição 2016 da Feira de Ciências do Estado de Alagoas (Feceal), iniciativa da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) que visa incentivar a iniciação científica entre os jovens, divulgando e valorizando as produções de estudantes e professores.

Em 2015, 39 projetos foram apresentados na Feceal durante sua terceira edição. Este ano, o evento promete ser ainda maior, conforme explica a professora Nathally Marques, do Centro de Ciência e Tecnologia da Educação (Cecite).  “A Feira de Ciência deste ano será maior do que a edição de 2015. No momento, a Seduc está acertando os últimos detalhes acerca do evento”, revelou.

Próximas ações

O Simpósio serviu também para estimular a participação dos estudantes nas olimpíadas de Matemática (OBMEP), Química (OBQ), Física (OBF), Biologia (OBB) e Astronomia (OBA).

Os próximos passos são a criação dos grupos de estudos e a realização de seminários sobre metodologia científica.

Entre os meses de maio e julho, também está programado mais um seminário para compreender a metodologia do trabalho científico, com início previsto para o dia 20 de maio. Ao todo serão disponibilizadas 50 vagas para este seminário e as inscrições poderão ser feitas por meio de formulário que estará em breve à disposição do público em um  blog específico do evento.

“Estamos também preparando um ciclo de palestras com professores da Ufal.

A programação desse evento ainda está em fase de construção e deverá ser divulgada no momento oportuno” concluiu o professor Ronaldo Cristiano.

Por: Traipu Notícia com Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *