Romário quer prisão de Del Nero e sugere Leonardo para assumir a CBF

aW1hZ2Vucy8xNDM4MjYyMzQyNGQ0MWI4YTE4Nzg2NGZlZGI2NDg5YjZlNDM1ODgyYWZkdWR1LmpwZwÀ frente da CPI do Futebol, o senador Romário informou que sua missão será levantar provas para colocar Marco Polo Del Nero na prisão. Em entrevista ao O Estado de S. Paulo, o Baixinho acusa o presidente da CBF de corrupto, entendendo que Del Nero deixou de fazer viagens internacionais com medo de ser detido.

Anteriormente, Romário queria que o dirigente renunciasse à presidência da CBF. Mas somente a renúncia não é o suficiente, comenta Romário.

“A solução é a sua prisão. Ele é corrupto, ladrão, ele não faz bem à seleção, ele deve, tem de pagar por isso. Comete coisas ilícitas dentro da CBF e por isso que ele não sai do país”, disse Romário, frisando que José Maria Marin e Ricardo Teixeira também serão alvos da CPI.

Del Nero se ausentou de todos compromissos internacionais pela CBF desde que a Justiça dos EUA determinou a prisão de sete dirigentes. Del Nero não compareceu na Copa América, no Chile, no Mundial Feminino, no Canadá, em reuniões da Fifa, na Suíça, entre outras atividades fora do Brasil.

A CPI do Futebol terá início em 4 de agosto. Segundo o senador, a CBF exerce forte pressão sobre deputados, que poderiam agir favoravelmente à entidade. Mas o Senado está livre de lobbys, assegura Romário.

Para o cargo de presidente da CBF, Romário sugeriu o ex-jogador Leonardo, que construiu carreira como técnico e dirigente de clubes europeus.

Indagado se Ronaldo teria condições de assumir o cargo maior da entidade, o Baixinho diz que o Fenômeno não está preparado e relembrou o período em que Ronaldo atuou como membro do Comitê da Copa, unindo forças com Teixeira, Marin e Del Nero.

“Ele [Ronaldo] não faz parte da sacanagem do futebol”. “Mas ele escolheu o lado errado. No final, meteu o pé e entende que esses caras não são o que ele pensava o que eram. Mas, para ser presidente da CBF, ele não tem condições nenhuma em termos de preparação”.

Sobre Leonardo, Romário destaca a experiência do ex-lateral em cargos diretivos. “Não estou dizendo que ele deva assumir. Mas ele é uma pessoa que tem condições”.

Por: 7 Segundos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *