Quarta geração do Moto G está maior e mais cara

motog-todos-destA quarta geração do Moto G veio em dose tripla, com o Moto G, o Moto G Plus e o Moto G Play. Mas como está a nova família do smartphone mais popular do Brasil?

Hoje, durante o evento de lançamento dos novos smartphones em São Paulo, a Lenovo disse que já vendeu 16 milhões de unidades do Moto G desde o seu lançamento no final de 2013. Mas vamos lembrar que a primeira geração do Moto G custava a partir de R$ 649. Quem quiser a quarta geração dele hoje vai precisar desembolsar ao menos o dobro disso – o Moto G4 sai por R$ 1.299.

Se em 2013 era fácil recomendar o Moto G, podemos dizer o mesmo em 2016? Difícil dizer sem um teste mais aprofundado, mas o preço – que era um dos seus maiores diferenciais lá atrás – não é mais tão atrativo. Esse era um problema que o Moto G 2015 já enfrentava, sendo mais caro e em um mercado muito mais concorrido do que antes. Agora as coisas estão ainda mais complicadas.

O Moto G4 está maior, agora com uma belíssima tela TFT de 5,5 polegadas Full HD, enfim abandonando os 720p que o acompanhavam desde seu lançamento inicial. A nova tela é ainda mais bem-vinda por causa da inclusão da TV HD – para quem gosta do recurso, é muito mais agradável poder assistir a programas em alta definição do que nas qualidades toscas que víamos no passado.

Ele ficou maior mas não ficou difícil de segurar. Ou talvez eu já tenha me acostumado tanto a smartphones grandes que já não me assusto mais ao pegar um com tela de 5,5 polegadas.

Por: Traipu Notícia com Gizmodo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *