Vídeo: Professores de Traipu lotam câmara de vereadores para protestar contra projeto de lei

Os professores se reuniram na manhã desta sexta-feira(27) no prédio da câmara de vereadores de Traipu para protestar contra projeto de lei de autoria do poder executivo que apresentava pontos contestáveis, segundo os profissionais da educação.

De acordo com André Luís da Silva, presidente regional do Sinteal,  um decreto de Março de 2016, época em que a ex-prefeita Conceição Tavares estava no poder executivo, modificava o plano de cargos e carreira dos profissionais da educação, decreto esse que só chegou ao conhecimento dos professores agora no ano de 2017.

Segundo André Luís, a carreira do trabalhador foi reduzida, “o nosso piso é um piso de 40 horas para magistério e a nossa luta em Traipu é nós tenhamos um piso de 50% do magistério para o superior e aqui em Traipu já está abaixo disso, está 40%, estava, porque na verdade existe um decreto inconstitucional que baixa de 40%  para 20% e não foi essa a discussão que tivemos no mês de março com a prefeita”.

O representante do Sinteal relatou que essa semana os professores foram pegos de surpresa, primeiro quando viram anunciar com alegria o reajuste, ou reposição de 7.64 em meio à crise vivenciada, e em seguida por esse projeto que é extremamente prejudicial para a categoria.

Etinho Dias fazendo uso da palavra

A sessão extraordinária foi presidida pelo presidente da casa Etinho Dias e contou com a presença de todos os parlamentares, o vereador Raul Emerson usou a tribuna retratando a impotência da participação dos traipuenses nas sessões da Casa, sendo seguido pela vereadora Vânia Bezerra que tirou dúvidas acerca do projeto.

Diálogo

Antes que o projeto fosse apresentado, o  SINTEAL procurou o prefeito Eduardo Tavares e mostrou as perdas para os profissionais da educação, caso o projeto fosse aprovado, Tavares de imediato compreendeu e pediu para que o projeto fosse tirado de pauta, para que houvesse maior discussão.

“Não adianta recebermos um aumento de 7.64 e termos uma redução de 20% só de início, da mudança do médio para o superior. Assim em Maio voltaremos a discutir o projeto e que esse tenha todas as garantias”, finalizou André Luís.

Assista abaixo o vídeo da sessão

Por: Traipu Notícia

Fotos: Jônatas Pedro/Traipu Notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *