Presos suspeitos de envolvimento na chacina dos conselheiros tutelares de Poção

096e3a2e2313d880ba58f2e2f499f3beA Polícia Civil anunciou a prisão de três suspeitos de envolvimento no assassinato de três conselheiros tutelares e da avó de uma criança disputada por duas famílias, em Poção, no Agreste do estado, no dia 6 deste mês. Os suspeitos foram presos nesta sexta-feira (27).

Em nota, a Secretaria de Defesa Social (SDS) informou que Bernadete de Lourdes Britto Siqueira Rocha e seu filho José Cláudio de Britto Siqueira Filho tiveram a prisão temporária decretada por indícios de participação como mandantes do crime, mas não revelaram o que teria motivado o assassinato. Além dos dois, foi presa ainda uma terceira pessoa, que teria sido responsável pela execução do crime.

Ainda de acordo com a SDS outros detalhes do crime só serão revelados ao final das investigações, que seguem sob sigilo.

Entenda o caso
As vítimas estavam em um carro do Conselho Tutelar de Poção e voltavam de Arcoverde, no Sertão do estado, quando foram surpreendidas.

Na época a polícia revelou queo primeiro tiro deve ter atingido o condutor, Lindenberg Nóbrega de Vasconcelos, 53, fazendo o carro parar logo na entrada no Sítio Cafundó.

A criança de dois anos – única sobrevivente – foi atingida de raspão. A avó materna, Ana Rita Venâncio, 62, conseguiu protegê-la antes de morrer. Também foram alvejados pelos tiros os conselheiros Carmem Lúcia da Silva, 37, e José Daniel Farias de Monteiro, 32.

Fonte: DP

Crédito Foto: DP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *