População de Traipu reclama da falta de médico odontologista

29-dentistaPopulação Traipuense reclama da falta de médico Odontologista no município. São meses sem o profissional da saúde, pessoas que estavam na unidade de saúde local, relataram que por algumas vezes presenciaram que o profissional vinha trabalhar, no entanto a falta de material de trabalho somada a equipamentos danificados impossibilitava o atendimento.

Procuramos a secretaria municipal de saúde, para ouvir explicações acerca da referida denuncia, como no momento o secretário não se encontrava no local, o funcionário Gilvan Matos, relatou que o problema de equipamento danificado é existente, técnico para realizar o conserto já havia sido contatado e estava sendo aguardado, e que até a última sexta-feira (18) o problema estaria resolvido e o serviço restabelecido.

Na manhã desta Quinta-feira (23) voltamos a receber a denúncia de uma mãe que preferiu não se identificar, retratando que está precisando do serviço odontológico para seu filho e não tem condições de se deslocar para a cidade vizinha de Girau do Ponciano, visto que em Traipu o problema persiste.

A denunciante retrata que ao procurar o serviço, na secretaria municipal de saúde  lhe fora informado que não há prazo para o restabelecimento do serviço. Enquanto isso quem tem condições financeiras busca o serviço particular já a população carente sofre sem o serviço de saúde no município de Traipu.

Por: Redação

Credito Foto: Ilustração

 

3 thoughts on “População de Traipu reclama da falta de médico odontologista

  • Avatar
    23 de abril de 2015 at 17:05
    Permalink

    O Administrador que mais fez pela saúde de Traipu foi Dr. Paulo. Foi candidato a prefeito há anos atrás e ficou em terceiro lugar, fazendo a campanha mais bonita que esta cidade já viu! Serviu de que mesmo, fazer saúde? Tem que ter é dinheiro, comprar voto e o povo que fique sofrendo! kkkkkkkkkkk eu tenho plano, até dentário…kkkk….Pobre Traipu! Tenho emprego e recebo em dia! kkkkkkkkkkkk!

    Reply
    • Avatar
      27 de abril de 2015 at 13:54
      Permalink

      Cuidar da boca do povo é sim fazer saúde pública e obrigação do Município!

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *