PM prende em menos de cinco horas suspeitos de duplo homicídio em Areia Branca

areia-333x250A Polícia Militar de Sergipe, através do Grupo de Ações Táticas do Interior (GATI), prendeu, por volta das 4h desta segunda-feira, 06, na cidade de Itabaiana, Sandro da Silva Santos e apreendeu um adolescente de 17 anos envolvidos em um duplo homicídio ocorrido no município de Areia Branca, por volta da 0h30.

Após o crime, os acusados fugiram em uma motocicleta Honda CG Titan de cor verde e placa HZS 9729, em direção ao município de Itabaiana. Na BR 235, chegaram a abordar e levar os pertences de um casal que encostara um veículo GM Corsa de cor vermelha para realizar suas necessidades fisiológicas. As vítimas acionaram uma viatura do GATI e os militares passaram a perseguir os ocupantes da motocicleta.

Durante a perseguição, os suspeitos dispararam contra a guarnição, que revidou com o objetivo de cessar a fuga. Foi dada voz de prisão e Sandro flagrado em poder de uma pistola calibre .380. Já o comparsa, encarregado de pilotar a motocicleta, conseguiu empreender fuga pelo matagal, mas foi apreendido logo em seguida, na residência em que mora. Trata-se de um adolescente de 17 anos, que confessou ser fugitivo do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam).

Após informação repassada pelo 3º Batalhão sobre a ocorrência de um duplo homicídio na cidade de Areia Branca por arma de fogo, os militares investigaram a possível relação entre os crimes e os suspeitos. A equipe notou a coincidência do calibre da arma utilizada, bem como as características do veículo e das vestimentas dos envolvidos, a partir de relato de testemunhas.

A guarnição, então, retornou ao local do homicídio e apreendeu três cápsulas deflagradas e um projétil de arma de fogo, que foram encontrados juntos ao corpo de uma das vítimas. Na ocasião, Gilson Moura, de 45 anos, e a sogra Adalgisa da Silva Cardoso, de 65 anos, foram mortos com disparos de arma de fogo, no povoado Manilha, em Areia Branca.

De acordo com informações da viúva de Gilson, o marido era desafeto de Sandro, tendo se desentendido há quinze dias com o assassino. Em meio às ocorrências, a polícia recuperou os pertences do casal abordado na BR 235, apreendeu a motocicleta utilizada pelos criminosos, a pistola calibre .380, de cor prata, com nove munições intactas, além dois capacetes. Segundo o major George, comandante do GATI, Sandro é um dos criminosos mais temidos da região.

Por: HS24horas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *