Músicos de Traipu mostram que é possível manter a cultura viva

jorgeO dia 22 de novembro foi muito especial para os artistas traipuenses. Na data foi comemorado o dia do músico.

Vale ressaltar que nos últimos dois anos nada foi feito na cidade ribeirinha para lembrar a data, mesmo a cidade sendo considerada a terra dos músicos.

Em entrevista ao programa Na Mira da Notícia da rádio Nova FM em Arapiraca, o Maestro Jorge da Hora, formado em música pela Universidade Federal de Alagoas, destacou a importância da música na propagação de valores sociais que proporcionam o distanciamento de crianças e adolescentes do mundo das drogas.




“Durante todo o dia, a cidade viveu clima de festa, atividades esportivas, dança pelas ruas da cidade, e muitas apresentações na praça centra José Palmeira Lima” destacou o maestro. Contudo, o poder público pouco investe nos artistas locais.

A cidade de Traipu exporta músicos para várias outras cidades como Arapiraca, Limoeiro, Anadia, Quebrângulo entre tantas outras de Alagoas e Sergipe. Com uma banda centenária Traipu é um celeiro musical que sobrevive de iniciativas particulares na propagação da arte.

Recentemente a Câmara de Vereadores aprovou projeto que torna a música patrimônio imaterial do município, no entanto nada mudou e a desvalorização continua, segundo muitos artistas locais.

Por: Traipu Notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *