Ministro da Integração garante apoio a obras estruturantes em AL

largeAs obras prioritárias na área de infraestrutura e de recursos hídricos em todo estado de Alagoas terão continuidade e estão com recursos garantidos por parte do Ministério da Integração Nacional, mesmo com o ajuste fiscal anunciado recentemente pelo governo federal.

A garantia foi dada nesta sexta-feira (05) pelo ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, que visitou Maceió e fez uma reunião técnica com os secretários de Estado da Infraestrutura, Aparecida Machado; o de Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral; o presidente da Companhia de Saneamento de Alagoas, Clécio Falcão, e técnicos da Infraestrutura, DER e Caixa Econômica.

Entre as obras prioritárias estão o Canal do Sertão, cujos trabalhos em andamento contemplam os trechos 3 e 4 da maior obra de infraestrutura do Estado, e mais as Adutoras do Alto Sertão e da Bacia Leiteira, além da continuidade de obras rodoviárias e de pavimentação situadas no Litoral Norte – especialmente em Matriz de Camaragibe e Passo de Camaragibe, que já foram retomadas recentemente.

“Viemos estabelecer um alinhamento entre o Ministério e o Governo do Estado, investindo recursos em obras como o Canal do Sertão e a Adutora do Alto Sertão, que levará água para Delmiro Gouveia e municípios vizinhos, bem como em uma adutora de engate rápido, que captará água em poço artesiano já existente na zona rural de Mata Grande para abastecimento da área urbana e a cidade de Canapi. Acreditamos que até o fim do ano a presidenta Dilma Roussef venha inaugurar o Trecho 3 do Canal do Sertão”, ressaltou Occhi.

A secretária de Estado da Infraestrutura, Aparecida Machado, destacou a importância da visita técnica do ministro a Alagoas.

“A notícia de liberação de recursos para a conclusão da Adutora do Alto Sertão é de extrema importância nesse momento em que ainda sofremos com os efeitos da mancha de algas do Rio São Francisco, que interrompe o abastecimento do município de Delmiro Gouveia. Com a aceleração das obras da Adutora, o problema estará resolvido e, em poucos meses, estaremos abastecendo mais outros sete municípios”, ressaltou.

Marco Referencial

Outra obra que terá recursos garantidos do Ministério da Integração Nacional, segundo o ministro, é a primeira etapa do Marco Referencial de Maceió.

“Estamos só aguardando a finalização do projeto por parte da Secretaria de Infraestrutura para liberarmos os recursos”, disse Occhi.

De acordo com Aparecida Machado, o projeto do Marco Referencial está orçado em R$ 17 milhões, com contrapartida do Governo do Estado. A primeira etapa será executada com o valor disponibilizado pelo Ministério na ordem de R$ 10 milhões.

O Marco Referencial está localizado onde existia o antigo Alagoinhas Iate Clube, na orla de Ponta Verde, e será construído em duas etapas.

Carros-pipa

Diante do cenário de crise hídrica com a diminuição da vazão do Rio São Francisco nos nove estados da Região Nordeste, o ministro também reiterou apoio aos municípios do Semiárido alagoano, com anúncio de obras emergenciais e abastecimento de carros-pipas

Atualmente são 37 municípios do semiárido que estão com Decreto de Emergência reconhecido pelo governo federal.

“Em breve o governo federal assinará com o Governo de Alagoas o convênio de apoio de carros-pipas nas áreas urbanas em algumas dessas cidades, além de viabilizar recursos de obras emergenciais, como adutoras de montagem rápida”, completou o ministro.

Atualmente, o Estado tem dois municípios em situação de colapso de água, como Minador do Negrão e Estrela de Alagoas.

Por: Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *