Legislativo parte para guerra contra prefeitura de Traipu

Assessoria

Uma sessão que tinha tudo para terminar de forma pacífica e sem muita novidade, como é a maioria das sessões da Câmara de Vereadores de Traipu tomou tons agressivos.

O problema iniciou quando o presidente da casa, Etinho Dias, colocou em pauta projeto enviado pelo Executivo, onde cria mais secretarias para o município, entre elas a Secretaria da Pesca, sugerida recentemente pelo próprio Etinho Dias, quando sugeriu o deligamento da Pesca para que o seguimento fosse tratado de forma específica em Traipu.

A pauta desagradou os vereadores de oposição que criticaram veementemente a gestão, mudando o tom Etinho chamou o projeto de safadeza e de cachorrada e que a partir da presente data o prefeito iria apanhar da ponta do pé ao pé da orelha. A guerra política definitivamente iniciou-se em Traipu.

Etinho, que recentemente desenvolveu ações a frente da secretaria de saúde, na gestão Conceição Tavares e Galego da Mumbaça, vereador mais votado no ultimo pleito eram os mais ativos nos ataques ao projeto enviado a Casa. Sendo a situação de estradas vicinais e situação das comunidades rurais, temas sempre apontados, esses ligados a pasta do Secretário de Obras Genivaldo Rosa.

Assim, o projeto de criação de quatro novas secretarias não foi aprovado pela maioria dos parlamentares presentes.

O clima esquentou definitivamente na política traipuense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *