Justiça condena Conceição Tavares por Improbidade

Reprodução

A ex-prefeita de Traipu, Conceição Tavares, sofreu mais uma condenação por Improbidade Administrativa, nessa condenação a prefeita que ainda pode recorrer da decisão foi condenada em primeira instância e fica inelegível por cinco anos.

Não é a primeira vez que Tavares é condenada por improbidade administrativa. Na primeira condenação a gestora teria usado a máquina pública para fazer marketing político, pintou logradouros e mandou fazer fardamento escolares com as cores que seriam usadas em sua campanha, sendo condenada a ficar inelegível por 5 anos.

Nessa segunda condenação, Tavares teria cometido irregularidades na contratação de bandas de forró, também sendo condenada a ficar 5 anos  inelegível.

https://www2.tjal.jus.br/cpopg/show.do?processo.codigo=1300004NR0000&processo.foro=39&conversationId=&dadosConsulta.localPesquisa.cdLocal=-1&cbPesquisa=NMPARTE&dadosConsulta.tipoNuProcesso=UNIFICADO&dadosConsulta.valorConsulta=Maria+da+Concei%C3%A7%C3%A3o+Teixeira+Tavares&uuidCaptcha=&paginaConsulta=1

Conceição pode recorrer dessa decisão como fez na primeira. Em redes sociais a ex-gestora se pronunciou.

“Essa é uma decisão em primeira instância onde o juiz sequer deu direito de ouvir as testemunhas que indicamos…Esse fato não afeta e nada a minha condição…” relatou Tavares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *