Jogador alagoano estava no avião que transportava time da Chapecoense

1480414184morteeO jogador alagoano Arthur Maia, 24 anos, que é natural de Maceió, estava no voo da equipe da Chapecoense que caiu e matou 76 pessoas da delegação, incluindo tripulantes, jogadores comissão técnica, jornalistas e convidados.

Arthur Maia foi descoberto no futebol por meio de um núcleo do rubro-negro baiano, em Maceió, sua terra natal. Após ser aprovado nos testes, teve de se deslocar da capital alagoana para Salvador com apenas dez anos de idade, e passou a morar nas dependências do clube.

Ele foi emprestado a vários clubes e já havia jogado no Flamengo, Joinvile, América de Natal, Kawasaki Frontale, e estava emprestado paro o Joinvile até o final da temporada de 206.

Resgate 

Cinco pessoas foram resgatadas, entre eles os goleiros  Danilo e Follmann, o lateral Alan Ruschel, a comissária de bordo Jimena Suárez e o jornalista Rafael Henzel.  A busca pelos corpos continua, apesar das más condições climáticas.

O avião transportava 72 passageiros e 9 funcionários de bordo. O clube viajava de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, para Medellín, onde disputaria a final da Sul-americana. A Conmebol adiou definitivamente a final.

Carreira de Arthur Maia 

Arthur Maia foi descoberto no futebol por meio de um núcleo do rubro-negro baiano, em Maceió. Após ser nos testes, teve de se deslocar da capital alagoana para Salvador com apenas dez anos de idade, e passou a morar nas dependências do clube.

Acostumado ser o camisa dez em todas as equipes de base e sempre tratado como “jóia” pela diretoria do clube, devido a sua boa técnica, mobilidade, passe e visão de jogo, foi promovido ao elenco principal do rubro-negro baiano no início de 2010, mas já treinava entre os profissionais desde meados de 2009, ainda antes de completar 17 anos.

Devido a pouca idade, a comissão técnica do clube optou por lhe dar chances de atuar como titular aos poucos. No final de 2012, foi novamente destaque ao ser eleito o melhor jogador da Copa do Brasil Sub-20, conquistada pelo Vitória após passar pelo Atlético Mineiro na final.




Joinville

Em fevereiro de 2013, Arthur foi emprestado até o fim da temporada ao Joinville. Logo em sua estreia marcou seu primeiro gol pelo clube catarinense, Arthur Maia acabou se consagrando o herói do jogo após sair do banco e marcar o gol da vitória por 4 a 3 diante do Criciúma. Sem muito espaço e chances pelo Joinville, Arthur Maia acabou sendo devolvido para o Vitória.

América-RN

Em 2014 foi emprestado ao América de Natal até o fim do ano. Chamou a atenção de muitos ao fazer um gol similar ao chamado Gol do Século, feito pelo ex-jogador Maradona na Copa do Mundo FIFA de 1986, o que lhe rendeu o apelido de Maiadona.

Flamengo

Em 2015, Arthur Maia foi emprestado ao Flamengo até o fim da temporada, com o proposito de aos 22 anos de idade mostra seu talento e ajudar o time rubro negro. O empresário Antonio Gustavo, que agencia a carreira do atleta, revelou que o seu destino será o Kawasaki Frontale, time do Japão. Arthur fez apenas 22 jogos, a maioria como reserva, e dois gols. Seu último jogo pelo Flamengo foi no dia 18/07/15 , quando substituiu Marcelo Cirino na vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio.

Kawasaki Frontale

O jogador de 22 anos acertou com o Kawasaki Frontale, da primeira divisão japonesa, até o fim do campeonato local.

Chapecoense

Após perder espaço no Vitória, Arthur Maia foi emprestado até o final do ano de 2016.

POr: 7 Segundos 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *