Governo promove debate sobre suicídio para profissionais da educação

3d284ffcb2db35e7464fcb593b794347_lAs Secretarias de Estado da Educação (Seduc) e da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh) promovem nesta sexta-feira (30), no auditório do Centro de Formação Ib Gatto (Cenfor), no Cepa, das 8h às 15h, o seminário ‘Educação e Direitos Humanos: o suicídio em debate’, dentro das atividades do Setembro Amarelo.

Iniciada no Brasil em 2014, pelo Centro de Valorização da Vida, Conselho Federal de Medicina e Associação Brasileira de Psiquiatria, a campanha Setembro Amarelo visa conscientizar a população sobre a prevenção do suicídio, com o objetivo direto de alertar a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção.

De acordo com a gerente de educação básica da Seduc, Luciana Ciriaco, o evento será voltado a professores, técnicos pedagógicos e demais profissionais da educação. As inscrições serão realizadas no local.

“Esperamos que o público compareça e enriqueça esta importante discussão. É um tema que deve ser estudado. É importante compreender os sinais e saber o momento de procurar ajuda”, destacou Luciana.

Durante a programação, representantes das duas pastas abordarão a importância de se trabalhar o indivíduo e a diversidade, com assinatura do termo de parceria. Na sequência, palestra com a consultora sexual com formação em Terapia e Educação Sexual e capacitação em Psicologia Jurídica (abuso sexual, violência doméstica, alienação parental, dependência química e comportamento suicida), Milka Freitas.

Por: Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *