Fla sofre um gol de bola rolando e tem melhor defesa

Em entrevistas coletivas, Muricy tem sido ponderado na análise crítica e nos elogios. Lembra que são somente dois meses de trabalho e que o time ainda está em formação. Era assim quando sofreu seis gols em amistosos – três para o Ceará e três para o Santa Cruz – e segue desta maneira com a melhor defesa entre os times da Série A no princípio de 2016. Em jogos oficiais, os números do Flamengo mostram evolução no setor mais questionado no ano passado.

Foram nove jogos oficiais até agora – considerando a Primeira Liga -, com sete vitórias, um empate e uma derrota, no clássico com o Vasco. Das nove partidas, seis jogos sem sofrer gol – e em apenas uma delas não foi de bola parada. Leandrão, de cabeça, venceu Wallace no fim da partida contra o Boavista. Rafael Vaz, em jogada ensaiada do Vasco, e Gustavo Scarpa, em cobrança direta, foram as outras duas oportunidades que o Fla sofreu gol.

Tabela defesas Série A (Foto: GloboEsporte.com)

Não que o nível das partidas do Campeonato Carioca sirva de parâmetro, mas o início do ano serviu para olhar com bem menos desconfiança, por exemplo, para o veterano Juan. O jogador de 37 anos foi poupado apenas uma vez nas nove partidas do ano – ele ficou de fora do Fla-Flu, em Brasília. Fora o clássico, que o Rubro-Negro venceu por 2 a 1, atuou os mais de 720 minutos das oito partidas disputadas pelo Flamengo – sem ser substituído nenhuma vez.

A procura por mais um zagueiro para o elenco, porém, não cessou. César Martins, reserva imediato do setor, pertence ao Benfica e tem contrato apenas até o meio deste ano. Fora ele, os jovens Antonio Carlos, Rafael Dumas e Léo Duarte ainda esperam a primeira chance. Contestado pela torcida, Wallace segue absoluto e capitão com Muricy Ramalho. Na partida contra o Resende, um erro de passe na saída de bola por pouco não custou o gol do time adversário – Juan salvou de cabeça.

Mesmo com desempenho ainda irregular – o Flamengo jogou pouco contra o Vasco, foi bem contra o Flu, fez bom primeiro tempo diante da Cabofriense -, o time tem sido bem efetivo no ataque. Ninguém fez mais gols que o Flamengo, que marcou 19 em nove partidas, média de 2,11 gols por jogo. Apenas o Fluminense tem média melhor: 2,12 gols por jogo.

Guerrero é o artilheiro até aqui – com cinco gols, dois deles pela Primeira Liga. Marcelo Cirino e Willian Arão e Emerson Sheik fizeram três cada um. Wallace, Rodinei, Gabriel, Everton e Felipe Vizeu também marcaram.

Por: Globoesporte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *