Falta de Estrutura da Polícia em Traipu é preocupante

55609_ext_arquivoAs polícias Militar e Civil em Traipu convive semelhantemente a outras cidades pequenas de Alagoas com a  falta de estrutura na realização de seus trabalhos.

Na Polícia Militar destaca-se o efetivo insuficiente, onde o Grupamento de Polícia Militar (GPM), funciona apenas com dois soldados, estes são encarregados de garantir a segurança de cerca de 30.ooo (Trinta Mil) habitantes, no entanto não podemos questionar a falta de empenho destes HERÓIS que fazem o que podem para cumprir com seu dever como servidores públicos.

A Polícia Civil enfrenta dificuldades a parte. Como investigar crimes em um município com uma área territorial de 698 km² sem uma viatura? A população e a própria polícia muita das vezes não se sentem a vontade para cobrar melhorias para o município ribeirinho, vale ressaltar que ações de violência tem crescido consideravelmente na zona rural, porém a comunidade se organiza inclusive para realizar protestos de encontro a tal situação.

A insatisfação em Traipu vai além da questão de segurança, socialmente a cidade caminha rumo ao caos, gestores apontam a crise econômica como responsável, outros criticam a má gestão. Nesse emaranhado de culpados entra o estado como o agente principal na pauta de assistência aos órgãos estaduais como as polícias.

downloadVale ressaltar que o governador que foi eleito com maioria absoluta dos eleitores de Traipu, deveria olhar de forma diferente para a cidade, a viatura doada ao município,  quando o Secretário de Segurança Pública de Alagoas era o Traipuense Eduardo Tavares, aquela caminhonete Picape adequada para o território, quebrou. Os agentes da polícia civil que na época trabalhavam em Traipu chegaram  a fazer “Vaquinha” para concertá-la, no entanto foram transferidos para outro município, o serviço demorou mas foi feito e mais uma vez para frustração dos ribeirinhos a viatura foi mandada para outro distrito em Maceió.

O agentes Traipuenses usaram por um tempo um veículo apreendido que estava a disposição da justiça, este foi pegue pela seguradora na ultima semana e agora os agentes usam de vez em quando emprestada a viatura de outro distrito, visto que o delegado que responde por Traipu não é titular, também responde por DP em Arapiraca. Um ano  sem viatura em cidade turística como Traipu é muita coisa.

Os agentes, tão pouco o Delegado se expressaram acerca do assunto, no entanto tais informações foram repassadas por pessoas que necessitam do serviço da polícia. Estes  esperam que tal situação seja resolvida o mais rápido possível.

Por: Redação

Crédito Foto: Arquivo

2 thoughts on “Falta de Estrutura da Polícia em Traipu é preocupante

  • Avatar
    23 de outubro de 2015 at 20:12
    Permalink

    em traipu da dificil kd o governador de alagoas que aumentou a porcentagem de margem pela populacao kd a camera de vereadores de traipu kd a prefeita kd as autoridades traipuense paciencia ne pelo amor de deus

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *