Ex-vereador denuncia desvio de R$11 milhões da prefeitura de São Seabstião

fotoDurante uma entrevista concedida a uma rádio local, o ex-vereador por São Sebastião, Átila de Lima Santos, denunciou um desvio de aproximadamente R$11 milhões da prefeitura que seriam referentes a previdência social dos servidores públicos do município. De acordo com o político, os valores descontados das folhas de pagamento dos funcionários não eram repassados para os órgãos responsáveis pela seguridade social.

Segundo Átila, o desvio teve início no terceiro ano do segundo mandato do ex-prefeito José Pacheco, e teve continuidade com a eleição de Charles Pacheco.

“Ainda enquanto vereador, eu e alguns colegas denunciamos o caso no Ministério Público Estadual e conseguimos comprovar juridicamente o desvio de R$11 milhões”, relatou.

O ex-parlamentar explicou, durante a entrevista, que só entre os anos de 2010 e 2012, quando José Pacheco ainda era perfeito, foram desviados R$ 6.251.435,57. “No ano seguinte, quando o novo prefeito assumiu, a situação continuou, sendo desviado R$4.987.935,18”, disse Átila.

Ele ainda relatou que na última terça-feira (17), a justiça determinou o bloqueio dos bens do atual prefeito de São Sebastião, Charles Pacheco, para que as investigações continuem.

“Com certeza tem mais desvio. Os funcionários da prefeitura precisam ir até suas agências bancárias e exigir o extrato da previdência social”, recomendou.

Por: 7 Segundos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *