Estudante da Uncisal é aprovado em 1º lugar em mestrados na USP e na UFSCar

Texto de Eduardo Almeida

O sonho de se tornar pesquisador e dar seguimento aos estudos se tornou realidade para o estudante de Enfermagem John Victor Silva, da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal). Concluindo sua graduação em 2019, ele foi aprovado, em primeiro lugar, em seleções de mestrado na Universidade de São Paulo (USP) e na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), ambas no estado de São Paulo.

Na USP, John Victor foi aprovado no Mestrado em Enfermagem Psiquiátrica da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. O programa é considerado uma referência na sua área de estudo e funciona como Centro Colaborador da Organização Pan-Americana de Saúde e da Organização Mundial de Saúde para desenvolvimento de pesquisa em Enfermagem.

Já na UFSCar, o estudante foi aprovado no Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, que tem caráter multiprofissional e que existe desde o ano de 2007. A universidade está localizada na cidade de São Carlos, no interior de São Paulo, e também é considerada referência.

John Victor ingressou na Uncisal no ano de 2005, depois de ser aprovado em primeiro lugar nas vagas destinadas para cotistas para o curso de Enfermagem. O estudante cursou o ensino fundamental e o ensino médio em escolas da rede pública. Na Uncisal, desenvolveu atividades de extensão, monitoria e projetos de Iniciação Científica. Também presidiu a Liga de Saúde Mental e participou da organização de eventos científicos.

“Sempre me interessei pela área da pesquisa, tanto que fui monitor da disciplina e participei de dois projetos de Iniciação Científica. Isso despertou em mim a vontade de atuar nesta área. Agora, eu pretendo me especializar com o mestrado e quem sabe desenvolver meu doutorado logo em seguida na mesma instituição. Quero seguir carreira acadêmica, me tornar docente e compartilhar o que aprendi”, explica o estudante da Uncisal.

Para aqueles que buscam seguir a mesma trajetória que ele, John Victor dá uma dica: dedicação. “Não há nenhum segredo. Temos que nos engajar e aproveitar tudo aquilo que a universidade oferece: ensino, pesquisa e extensão. Temos que participar de eventos, que produzir conhecimento e tirar o melhor dos nossos professores, que têm um papel essencial nesse processo de formação”, acrescenta John Victor.

Por fim, o estudante destaca o papel da Uncisal nesse processo. “Queria aproveitar para agradecer bastante à Uncisal, que foi o local onde surgiram essas oportunidades e no qual eu pude conhecer professores muito importantes para a minha formação. Em especial, queria agradecer às professoras Mara Ribeiro e Thyara Maia Brandão, que foram fundamentais para o meu desenvolvimento”, finalizou.

Por: Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *