Emancipação Política de Traipu foi marcada por ociosidade e críticas

58112_ext_arquivoA Emancipação Política de Traipu comemorada no dia 16 de Maio, foi marcada pela ociosidade e ausência de programação festiva. O poder executivo realizou apenas o hasteamento de bandeiras nos pavilhões do prédio da prefeitura, sendo tal ação acompanhada por alguns servidores do município, destacando-se a heroica Lira e desbotados GCMs, (Guardas Civis Municipais), como se auto descrevem alguns dos próprios, vale ressaltar que estes também se enquadram na nomenclatura heroica.

Traipu que tradicionalmente realizava mega eventos em sua orla, desta feita não realizou nem programação esportiva, a cidade parecia de luto, pessoas escreviam em redes sociais palavras em tom de desabafo, retratando não haver o que comemorar na data.

123 anos se passaram e o município vive um dos piores momentos de sua história. Crise econômica e social em evidência, consequentemente muitos protestos se desencadeiam em reuniões do poder legislativo, como pôde ser visto nos últimos dias.

Pelas ruas da cidade, pessoas reclamam e lamentam o momento vivenciado pelo município, como sempre há defensores e opositores da gestão e os conflitos acontecem. Artisticamente poderíamos usar o jargão do Chapolin Colorado e dizer: “E agora, quem poderá nos defender”, no entanto não estamos em um conto e a vida real é bem mais complexa.

As escolhas futuras precisam ser tomadas com cautela para que não se cometa erros do passado, embora o conceito de certo ou errado seja relativo. A visão do Traipuense tem paulatinamente mudado e evidentemente Maquiavel tem  sido apreciado por muitos.

Há três espécies de cérebros: uns entendem por si próprios; os outros discernem o que os primeiros entendem; e os terceiros não entendem nem por si próprios nem pelos outros; os primeiros são excelentíssimos; os segundos excelentes; e os terceiros totalmente inúteis“.

O mesmo Maquiavel descreve que “Uma mudança deixa sempre patamares para uma nova mudança“.

Por: Jõnatas Pedro/Traipu Notícia

Credito Foto: Arquivo

3 thoughts on “Emancipação Política de Traipu foi marcada por ociosidade e críticas

  • Avatar
    17 de maio de 2015 at 21:13
    Permalink

    Linda cidade de péssimos exemplos. Será que deram pelo menos lanche a essas crianças que assistiram a esse hasteamento ? Porque nas escolas não tem.

    Reply
  • Avatar
    17 de maio de 2015 at 21:24
    Permalink

    Acredito que nossa querida Traipu tenha uma pessoa com o pensamento e vontade de trabalhar para mudar esse quadro negro que ja vem desde 2013, nao e impossivel basta querer.

    Reply
  • Avatar
    19 de maio de 2015 at 11:57
    Permalink

    Quero manifestar minha total e plena concordância pela matéria publicada tendo nele expressado o pensamento de parte dos leitores os quais são detentores de massa cinzenta, expressam suas opiniões livres e conscientes de que não integram a massa dos que não pensam nem raciocinam, simplesmente vão na onda.
    Valeu. Grande abraço.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *