Em Traipu, mulher teme morrer depois que marido foi solto após quatro dias na prisão

IMG_4697Uma senhora identificada por Maria Sileide, residente em Mumbaça, região Quilombola de Traipu, declarou a correspondente do Traipu Notícia que teme por sua própria vida. Seu ex-companheiro foi preso no dia 12 após por fogo na residencia, onde a mesma estava com seus dois filhos, queria a todo custo matar a companheira. Vizinhos conseguiram tirar a mesma de entre as chamas, no entanto perdeu tudo no incêndio.

O que revoltou a senhora foi o fato do acusado ter sido posto em liberdade no dia 16, ou seja passou apenas quatro dias preso. Este havia dito que quando fosse solto concretizaria o plano, matando-á e no mesmo dia 16 invadiu a casa da mãe da vítima para matá-la, no entanto a vítima não estava na residencia. “A Justiça poe ele em liberdade, eu é que vivo me escondendo como se eu é que fosse a criminosa“, disse Maria Sileide em prantos.

De acordo com a vítima o acusado embriagado fez várias ameaças de morte ainda no local. A mesma ao tomar conhecimento dos fatos acionou a polícia militar que foi até sua residência , no entanto não encontrou o acusado que fugiu tomando destino ignorado. A mesma foi encaminhada  a delegacia da Mulher em Arapiraca onde prestou mais uma denúncia.

IMG_4701Ainda de acordo com a vítima passou alguns dias em proteção, Sob os cuidados da secretaria da mulher  em outro município, porém um de seus filhos adoeceu e a mesma preocupada com a segurança de seus familiares voltou para a localidade onde o acusado se encontra. Com medo, aguarda um posicionamento da justiça a fim de que seu ex-companheiro seja detido, visto que este não poderia se aproximar de mesma e invadiu a residencia onde mora. Na tarde desta Segunda(19) foi acompanhada pelo Conselho Tutelar e Polícia Militar até a residência de parentes em Mumbaça.

Conselheiros Tutelares de Traipu informaram que enviaram relatório dos fatos ao Ministério Público, pois também teme pela segurança das crianças, uma não é filha do acusado e há relatos de que é odiada pelo mesmo.

Por: Redação

Foto: Traipu Notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *