Cururipe sai na frente mas sofre empate contra o Atlético-GO

aW1hZ2Vucy8xNDI3OTQ2OTUyMS5qcGcCoruripe e Atlético-GO entraram em campo nesta quarta sob desconfiança. Os times andaram tropeçando recentemente e queriam mostrar serviço na primeira fase da Copa do Brasil. O jogo não foi bom. Não faltou disposição, mas os erros apresentados no Estádio Gerson Amaral, em Coruripe, explicam a má fase de ambos. No fim, o empate por 1 a 1 foi melhor para o Dragão, que marcou fora de casa e decide o confronto daqui a 15 dias, em Goiânia. Thiago Lima abriu o placar para o Hulk na segunda etapa e Pedro Bambu deixou tudo igual.

No dia 15, o time goiano pode até empatar sem gols no Serra Dourada. Para passar, o Coruripe precisa no mínimo empatar por dois ou mais gols. O vencedor deste duelo pega na segunda fase o América-RN, que atropelou o Globo-RN por 5 a 1 nesta quarta e garantiu a classificação antecipada.

Resumo

Os times cometeram muitos erros durante a partida, tanto no sistema defensivo quanto nos arremates. No primeiro tempo, o Dragão teve boa chance com Zezinho, aos seis, mas o lance de destaque foi do Coruripe. Dez minutos depois, Ivan driblou o goleiro Márcio e chutou com o gol vazio. Esperto, Marcus Vinícius apareceu para salvar em cima da linha.

Os gols, enfim, apareceram na etapa final. O Hulk voltou melhor, pressionou e abriu o placar com Thiago Lima, que aproveitou desvio de João Paulo para estufar a rede, aos três. O Dragão sentiu o golpe, mas o adversário não soube explorar o momento de instabilidade. Ao contrário, recuou e, após falha da defesa, Pedro Bambu bateu duas vezes para empatar aos 10. No finalzinho, Rafinha fez boa jogada e só não deu a vitória ao Atlético porque Carlos fez bela defesa.

Por: 7 Segundos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *