Como controlar o tempo na hora da prova?

concurso28Quem presta concurso público sabe que o tempo pode ser um inimigo na hora da prova. Não basta ter domínio do conteúdo. É necessário controlar também o relógio!

Os candidatos precisam responder as chamadas “questões fechadas”; em alguns casos, as “questões abertas”; a redação (quando há, obviamente); e marcar os gabaritos.

Então, quanto tempo vale a pena “perder” para responder uma questão?

Depende. De acordo com o professor e coach Luís Vale, uma boa opção é que os concurseiros façam uma espécie de proporção entre o número de questões e a quantidade de horas que a banca disponibiliza para que os candidatos respondam a prova.

Por exemplo: numa prova com 40 questões de múltipla escolha e três horas para resolução, o candidato deve o número de horas (2h30 ou 150 minutos) pelo número de questões. Isso porque a orientação é que se deixe pelo menos 30 minutos para preencher o gabarito. A divisão dá como resultado quase 4 minutos para cada questão. Um tempo razoável!

Outra dica do especialista é que os candidatos testem, antecipadamente, quanto tempo levam para responder às questões. Isso fará com que ele tenha a noção exata de quantos minutos podem passar respondendo cada item e evitar surpresas na hora do concurso.
E se a questão for complicada?

Luís Vale explica que o ideal é não demorar muito em uma só questão. “É melhor pular as questões que o candidato não sabe ou vai levar muito tempo e voltar, no final da prova, para solucioná-las”.

O coach explica que outra boa dica é começar pelas disciplinas em que há uma maior facilidade. “Com isso, o aluno ganha mais confiança ao longo da prova. E essa confiança é essencial, porque a mente passa a trabalhar em favor do candidato”.

Mas, e se der “um branco”?

Segundo o especialista, se der “um branco”, o concurseiro deve manter a tranquilidade e tentar fazer as questões que domina. “Isso pode fazer o cérebro acessar, com mais facilidade, a área do cérebro ligada à memória.

Tem sugestão de matéria para o blog? Envia para ogabaritando@gazetaweb.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *