Câmara aprova regime de urgência para 12 projetos de reajuste de servidores

4e36ad3b6ff91101c235b6229b2dd833_LAs reais necessidades dos operadores e beneficiários do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) em Alagoas foram debatidas nesta terça-feira (31), durante encontro promovido pelo Gabinete Civil e pela Secretaria da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) com gestores e colaboradores da área no interior do Estado.

O encontro foi realizado no Palácio República dos Palmares, dentro da perspectiva do Executivo estadual de aproximação entre cada setor do Governo e seu público específico, como destacou o secretário-chefe do Gabinete Civil, Fábio Farias.

“É função do Gabinete Civil e do Governo de forma geral ouvir os segmentos para que as ações cheguem a quem realmente precisa e transformem a realidade. Na área da Assistência Social, é importante o envolvimento de todos os alagoanos. Não queremos que o Governo avance no desenvolvimento econômico sem que haja o desenvolvimento social. Não queremos inaugurar tantas obras sem que o cidadão tenha suas necessidades básicas atendidas”, disse Farias.

O debate com os representantes dos municípios foi conduzido pelo secretário de Estado do Desenvolvimento Social, Antônio Pinaud, que enfatizou a importância do alinhamento das ações. “Para interiorizar as atividades desenvolvidas pela Seades, precisamos ouvir os operadores que estão municípios, que estão mais próximos das demandas e urgências dos usuários do SUAS. Este momento serviu para isso, para ouvirmos os gestores e direcionarmos melhor o foco das nossas ações”, avaliou o secretário.

“Foi um momento de transparência proporcionado pelo Gabinete Civil, na pessoa do secretário Fábio Farias, onde apresentamos nossa perspectiva para 2016 e ouvimos um conjunto de sugestões que servirão para aprimorar nossas metas. Hoje, colocamos em exercício nossa capacidade de ouvir aquele que é o alvo das nossas ações”, disse Pinaud, agradecendo  ainda as presenças da controladora-geral do Estado, Maria Clara Bugarim, da secretária da Mulher e dos Direitos Humanos, Rosinha Cavalcante, e do secretário executivo de Integração Política e Social do Gabinete Civil, Adrualdo Catão.

O secretário de Assistência Social do município de União dos Palmares, Diego Calixto, salientou a importância da abertura do diálogo com os gestores como diferencial na formatação de estratégias de interiorização das ações na área. “É uma situação ímpar para os gestores municipais conseguir essa troca de ideias com o Governo do Estado, avaliarmos as propostas e as intenções para a Assistência Social em Alagoas. Eu avalio esse espaço, que não era tão comum, como muito proveitoso”, afirmou Calixto.

Por: Traipu Notícia com Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *