Audiência pública debate segurança em Girau do Ponciano

14606679364cef0109c59b4433a791c2ad9abb2447Integrantes da Segurança Pública do estado de Alagoas se reuniu na tarde desta quinta-feira (14), no Fórum do município de Girau do Ponciano, no Agreste alagoano, para debater ações de segurança pública.

Um fato que contribuiu para tal foi o crime do funcionário do Banco do Brasil que aconteceu no último sábado, 9 de abril, e chocou a população de Girau do Ponciano. Ele foi assassinado na porta de casa.

Estiveram presentes na audiência, o comandante da Polícia Militar de Alagoas (PMAL), coronel Marcos Sampaio; delegado geral da Polícia Civil (PC), Paulo Cerqueira; o juiz da Comarca de Girau do Ponciano, Jairo Xavier Costa, além de outras autoridades estaduais e municipais, juízes, promotores, advogados e a população que lotou o auditório do fórum.

14606679377d5f4582f7d341c1933ce2cb4acf3e9cAs lideranças da Segurança Pública destacaram algumas ações ostensivas de policiamento e de combate à criminalidade na região e se compromenteram em intensificar, inclusive, o policiamento na cidade.

As autoridades presentes assinaram um termo de compromisso, como uma espécie de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), para garantir o cumprimento do que foi garantido durante a audiência pública.

Ações de policiamento

O comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), tenente coronel J. Cláudio, também participou da audiência, uma vez que o município de Girau do Ponciano faz parte da cobertura do batalhão com sede em Arapiraca.

O comandante da PM, coronel Marcos Sampaio, destacou o comando da polícia vai fortalecer as operações e pediu a colaboração da população.

“Todo crime tem que ser registrado e estamos solicitando a popualação que faça isso e mude de comportamento para registrar e denunciar qualquer tipo de crime e violência nessa região”, disse o comandante.

Ele frisou ainda que já determinou aos comandantes do 3º BPM e do Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Girau que realizem um policiamento ostensivo nos povoados pertencentes ao município de Girau.

“Com este trabalho e com o apoio do serviço de inteligência vamos trabalhar para identificar as quadrilhas que atuam nas localidades da zona rural de Girau e retirá-las de circulação”, concluiu Marcos Sampaio.

Traipu Notícia com 7 Segundos

Imagens: Josival Meneses 7 Segundos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *