AMA cria projeto para divulgar práticas exitosas em gestão

A terceira maior cidade em área territorial de Alagoas, Traipu, as margens do Rio São Francisco está apostando em um modelo novo de administração e , por esse trabalho, foi escolhido pela Associação dos Municípios Alagoanos- AMA- para iniciar o projeto “AMA no seu município.” A ideia da Entidade é conhecer e compartilhar as boas práticas para que, nessa troca de experiências e conhecimento, os municípios possam avançar e servir de exemplo para o Brasil.
Hugo Wanderley, presidente da AMA, quer as cidades alagoanas no ranking positivo, superando indicadores, acompanhando o trabalho que está sendo desenvolvido pelo governo. “É um caminho para transformar, para criar novas oportunidades e oferecer à população cidades voltadas para um tempo de crescimento”, diz . Ao lado de Hugo Wanderley, os prefeitos Oliveiro Torres, de Igaci e Ediel Leite, de Craíbas participaram do encontro e aplaudiram a iniciativa da AMA.
O prefeito Eduardo Tavares, que classificou como “muito estimulador” o projeto da AMA,destacou sua preocupação com a aplicação dos recursos públicos e disse que elegeu algumas prioridades que estão fazendo a diferença nesses seis primeiros meses .
Em Traipu, ao mesmo tempo em que toda a rede de abastecimento de água está sendo substituída para garantir água potável a seus moradores, ruas estão recebendo novo pavimento. “O meu segredo de gestão está nos sacrifícios iniciais que realizei para garantir novos investimentos, disse o prefeito.
Na cidade,atualmente, existem órgãos, como a Controladoria Municipal, implantada na gestão atual, cuja função é fiscalizar antecipadamente, por exemplo, as compras que serão realizadas, evitando que ocorra alguma fraude.
Mesmo com um amplo foco de ações e possibilidades , Eduardo Tavares conseguiu sair do CAUC, que é tipo um Serasa dos municípios e elegeu a segurança como uma das prioridades urgentes. Toda a cidade está monitorada por câmaras e, até uma secretaria de segurança pública foi criada e entregue a um coronel da reserva. Em seis meses a estatística aponta uma redução de 99% nos índices de violência.
Em parceria com o governo, o município promoveu a distribuição de sementes , mas foi além e garantiu seguro para minimizar possíveis prejuízos dos agricultores.
O pagamento em dia dos funcionários e de todas as obrigações sociais tem sido um fator fundamental, e, ainda em julho o prefeito Eduardo Tavares anunciou o pagamento da primeira parcela do décimo terceiro salário. Todas as categorias estão sendo valorizadas e os reajustes estão dentro dos limites da lei. A fórmula é simples: todos os recursos são aplicados, o que tem garantido segurança financeira. “Precisamos fazer o dinheiro render para promover o crescimento e garantir o futuro, principalmente das crianças e jovens.
O município trabalha com várias frentes de trabalho, em áreas distintas, criando alternativas viáveis em cada uma delas e com foco na legislação vigente, a qual nenhum gestor pode desconhecer- LDO, LOA , LRF E LAI. Um código de ética e um de conduta para o funcionalismo, regem as novas diretrizes.
Com as economias feitas e fora do CAUC, já está conseguindo receber verbas federais .O prefeito Eduardo Tavares sabe que o desafio é grande e disse que não é nada fácil ser prefeito.
Com todo o secretariado presente ao encontro com o presidente da AMA Hugo Wanderley e equipe técnica que está executando o projeto “AMA no seu município” , o prefeito também elencou outras medidas importantes que estão fazendo a diferença nesses seis meses como a correção dos vazamentos de água na cidade, consultoria do Sebrae para estímulo aos comércio local, criação de três cursos pré vestibulares, obrigatoriedade de ônibus para o transporte seguro dos alunos da rede púbica, adoção do pregão eletrônico, garantia do professor em sala de aula através da valorização do trabalho, criação do portal da transparência e uma grande inovação que é a conta do município on line, com visualização pública. Ainda nos planos a construção de uma Casa de Cultura , do Museu do Império, de parcerias público-privadas que garantam projetos turísticos e industriais para Traipu.
“Quero deixar Traipu planejada para 20 anos”, destacou Eduardo Tavares.
Estiveram presentes ao evento também, o vice-prefeito, Cavalcante, a secretária de Finanças, Carol Machado Tavares, o secretário de Administração, coronel Carlos Mendonça, o secretário de Meio Ambiente, Jackson Borges, o secretário da Criança e do Adolescente, Gilson Júnior, a secretária de Turismo, Cultura e Igualdade Racil, Suely Galvão, e secretária Executiva da pasta, Dulcinea Soares, a secretária de Agricultura, Priscilla Palmeira, e o secretário Executivo da pasta, Frascival Basílio, o secretário de Educação, Cristiano Machado Tavares, a secretária de Saúde, Edi Sales, o secretário de Segurança e Defesa Social, coronel Marcus Pinheiro, o secretário de Articulação Política, José Afonso, o secretário de Esportes, Thiago Cavalcante, o secretário de Gabinete Civil, Rogério Lisboa, o secretário Geral de Governo, Rodrigo Fonseca, o secretário de Obras e Viação, Genivaldo Rosa, e o secretário Executivo da pasta, Érico Maciel, além de todo corpo técnico contábil e jurídico do município.

Por: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *