Advogado grava vídeo e ameaça ‘decapitar’ Dilma caso ela não renuncie

miniatura.phpUm advogado polemizou ao publicar um vídeo na internet onde faz diversas ameaças a presidente Dilma Rousseff. Na gravação, ele diz que, se ela não renunciar a presidência até o dia 6 de setembro, terá sua cabeça “cortada e pendurada em um poste”.

Matheus Sathler é o autor das ameaças e se candidatou ao cargo de deputado federal nas últimas eleições, mas não conseguiu se eleger. No vídeo, ele afirma acreditar que a renúncia da presidente é a melhor saída para o país. Se isso não acontecer, haverá um “derramamento de sangue e a presidente será decapitada”.

“Renuncie, fuja do Brasil ou se suicide. Dia 7 de setembro a gente não vai pacificamente pras ruas. Juntamente com as forças armadas populares (sic), vamos te tirar do poder. Assuma o seu papel, tenha humildade para sair do país porque, caso contrário, o sangue vai rolar. E vamos fazer um memorial na Praça dos Três Poderes: um poste de cabeça pra baixo. Nós vamos arrancar sua cabeça e fazer um memorial””, falou.

Após a publicação da gravação na rede, começaram a surgiu comentários negativos dos internautas, que imediatamente repreenderam a postagem do profissional. Esta não é a primeira vez que ele é o centro de polêmicas. Recentemente, Matheus causou discussão no Distrito Federal ao defender a distribuição nas escolas do que ele chamava de “Kit Macho” e “Kit Fêmea”, uma espécie de cartilha onde se ensinava os estudantes a gostar somente de pessoas do sexo oposto.

A presidente não se pronunciou sobre o assunto. Confira, abaixo, o vídeo!

Por: Gazetaweb

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *