Acidente com ônibus e caminhão de bombeiros deixa mortos em Honduras

honduras with flagNo mínimo 17 pessoas morreram e dez ficaram feridas, algumas em estado grave, em um acidente ocorrido nesta sexta-feira (9) entre um ônibus e um caminhão de bombeiros no norte de Honduras, informaram fontes dos serviços de socorro.

Três crianças com idade entre 2 e 6 anos que foram transferidas com um bombeiro de helicóptero ao Hospital Mario Catarino Rivas, na cidade de San Pedro Sula, morreram devido à gravidade dos ferimentos, disse o representante da Comissão Permanente de Contingências (Copeco), Rony Martínez.

Outras nove pessoas — três crianças, quatro mulheres e dois homens — morreram no lugar do acidente e mais cinco enquanto recebiam atendimento médico no Hospital Manuel de Jesús Subirana, de Yoro, de acordo com um relatório dos bombeiros.

Bombeiros
O acidente aconteceu em uma estrada do departamento de Yoro, aparentemente depois que o caminhão de bombeiros tombou por causas ainda desconhecidas, disse a jornalistas o porta-voz do Corpo de Bombeiros, Óscar Triminio.

O representante da polícia em San Pedro Sula, Jorge Rodríguez, disse que três dos feridos, entre eles um adolescente de 15 anos, foram transferidos ao Hospital Mario Catarino Rivas devido à gravidade dos ferimentos.

O restante dos feridos, entre eles cinco bombeiros, foram internados em um hospital da região, onde recebem atendimento médico.

Causas
O diretor da polícia de Trânsito, comissário Fabiel Díaz, disse à imprensa que a corporação investiga as causas do acidente, mas descartou que o excesso de velocidade seja a origem do problema. A primeira hipótese policial sobre o motivo do acidente é que o motorista do ônibus, que morreu, perdeu o controle do veículo.

Os acidentes de trânsito representam a segunda causa de mortes violentas em Honduras, onde mais de 330 pessoas morreram por esse motivo nos primeiros oito meses de 2015, segundo números oficiais.

Por: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *