Comoção marca enterro de vítimas de afogamento em Gararu-SE

Enterro

Choro, comoção e muita emoção marcaram o velório dos quatro familiares mortos na tragédia do rio São Francisco no primeiro dia do ano. O fato aconteceu no trecho do rio que passa por Gararu, localizada a 104 km da capital, quando a família – natural de Maruim – estava fazendo um passeio de barco e um dos adolescentes caiu na água. Na tentativa de salvá-lo, pai e irmãos também se afogaram. A fatalidade parou a cidade natal das vítimas e os corpos foram velados no ginásio de esportes do município.

A família era bastante conhecida na cidade. Tanto o pai, Gilmar dos Santos, 47 anos, que era fotógrafo, quanto os três filhos, Isaac, 17 anos, Elissama, de 20 anos e Max, de 23 anos, eram, segundo amigos próximos, pessoas queridas e a tragédia causou diversas manifestações nas redes sociais.

Conterrânea da família envolvida no afogamento, a jornalista Gleice Queiroz usou seu perfil numa rede social para lamentar a morte dos amigos. “Minha Maruim chora com a morte de Gilmar e seus 3 filhos. Que Deus conforte a família”, postou ela.

A estudante Byanca Cruz relembra a alegria dos jovens e confessa não acreditar ainda no ocorrido. “Eles eram pessoas ótimas. O Gilmar era gente fina demais e super conhecido na cidade. Além de fotógrafo, ele também era pastor da Congregação Cristã no Brasil e os meninos eram super estudiosos e trabalhadores. Uma tragédia mesmo. A cidade está parada!”, conta a jovem.

Por: HS 24 Horas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *