O que fazer quando o Pau-de-Arara é a única opção?

Muitos operadores da lei combatem o uso dos famosos caminhões Pau-de-Arara no transporte de alunos nas diversas comunidades rurais.

De acordo com muitos legisladores isso é ilegal, desumano, inaceitável. Mas, o que fazer quando esse meio é a única opção? A única via de acesso à escola.

Ao falar com proprietários de ônibus no município de Traipu e até em Girau do Ponciano as respostas são as mesmas, em determinados setores é inviável o uso desses transportes, o único meio possível é o Pau-de-Arara.




Muitos terrenos acidentados, visto que comunidade foram desenvolvidas em serras ou vales. Os que tentaram colocar ônibus relatam que o gasto com manutenção cresceu de forma acentuada, tornando-se assim algo inviável.

Pelo exposto por usuários, com as devidas adaptações, em prol da Educação, o Pau-de-Arara deve continuar sendo visto em muitas comunidades rurais. Pela resistência e estrutura dos veículos que percorrem com mais facilidade os mais variados locais.

Em depoimento, o senhor Manuel dos Anjos relatou que até os famosos amarelinhos, ônibus enviado pelo Governo Federal aos municípios, veículos com estrutura reforçada, começaram a apresentar problemas. Com os convencionais a situação é bem pior.

Assim, cada situação deve ser bem analisada, compreendendo as especificidades de cada local. Visto que, o principal objetivo é conseguir garantir a educação para todos.

Por: Traipu Notícia

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *