MPE vai investigar casos de nepotismo em Traipu

O Ministério Público publicou no Diário Oficial, nesta sexta-feira (19), uma portaria na qual instaura procedimento preparatório para investigar casos de nepotismo na Câmara de Vereadores de Traipu.

O presidente da Casa Wegnton Erlandres Dias de Farias teria nomeado um tio para ocupar um cargo público dentro do Legislativo e em reunião realizada na cidade ribeirinha questionou o MPE se a medida adotada era considerada legal, caso não fosse estaria exonerando o servidor de imediato.

Assim, o promotor de Justiça do município, Rodrigo Soares da Silva, decidiu abrir um procedimento preparatório de inquérito civil público para apurar outros casos.




De acordo com o presidente, a nomeação teria decorrido de boa-fé, uma vez que havia dúvida sobre a legalidade do ato. Como ação preparatória, a Promotoria determinou que a Câmara de Vereadores de Traipu informe todos os casos que, nos quadros da Casa, “porventura se enquadrem em alguma das hipóteses descritas na Súmula Vinculante nº 13”.

O presidente Wegnton Erlandres respondeu ao Portal Traipu Notícia que o servidor foi exonerado logo após reunião com o MP, outros casos que podem ser configurados como Nepotismo no município ribeirinho também devem ser noticiados ao Ministério Público nos próximos dias.

Por: Traipu Notícia 

One thought on “MPE vai investigar casos de nepotismo em Traipu

  • 31 de Janeiro de 2018 at 18:03
    Permalink

    E O CONCURSO A PREFEITURA DE TRAIPU ?
    PARA EVITAR NEPOTISMO SÓ ABRINDO CONCURSO, POIS É A FORMA MAIS JUSTA DE INGRESSO EM CARGO PÚBLICO.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *