Vereador denuncia ter recebido ameaças em Mumbaça-Traipu após cobrar serviço público

O vereador de Traipu, Carlos Moura (PRP), mais conhecido como Galego da Mumbaça, usou a tribuna da Câmara de vereadores da cidade ribeirinha para relatar que recebeu ameaças, após realizar cobranças de alguns serviços públicos na localidade onde reside, Mumbaça, zona rural do município.

As denúncias foram realizadas no plenário da Câmara, em sessão realizada nesta terça-feira (14). Galego da Mumbaça citou o homicídio praticado contra um parlamentar na cidade vizinha, Batalha, em seguida relatou as ameaças, explicou que uma ambulância que fica à disposição da comunidade Mumbaça estaria sendo utilizada para fins eleitorais, visto que a população estaria enfrentando dificuldades para poder utilizar o serviço.

“ A responsável pela ambulância, a senhora conhecida como Joelha, disse que o veículo estava à disposição dela, a ambulância tem que estar é a disposição do povo”, frisou o vereador Galego.

O parlamentar foi enfático em dizer que parentes da responsável pelo veículo estariam andando armados na localidade e assim cobrou a presença da Guarda Municipal e Polícia no local.

Galego é um vereador que faz oposição ao Poder Executivo Municipal e constantemente realiza cobranças no tocante a vários serviços, como Saúde, Educação e principalmente referente a Secretaria de Obras.


Resposta

Acerca do que fora abordado pelo vereador, entramos em contato com o Poder Executivo Municipal. O Senhor Rodrigo Fonseca, Secretário de Governo, relatou que não tinha conhecimento de ameaças sofridas pelo parlamentar, mas que estaria entrando em contato com o Secretário de Segurança Pública Municipal, para viabilizar ações da Guarda Municipal na supracitada localidade, a fim de propor mais segurança, visto que já faz parte do plano de governo desenvolver ações nas comunidades. Quanto a ambulância, Rodrigo afirmou que o vereador tinha abordado a inexperiência do motorista, que foi trocado, mas quanto as novas denúncias, estaria entrando em contato com a responsável pelo veículo na localidade para saber o que estava acontecendo.

Assista ao vídeo completo da Sessão do dia 14/11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *