Outubro Rosa terá ações para conscientização da doença em Alagoas

Texto de Marcel Vital

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) vai realizar uma programação que contempla as servidoras e a própria comunidade, a partir de segunda-feira (2), incluindo palestras, mesas-redondas e outras ações para alertar e sensibilizar sobre a realidade atual do câncer de mama e a importância do diagnóstico precoce. Durante todo o mês de outubro, equipes que atuam nas unidades municipais de saúde promoverão atividades para estimular a prevenção do câncer de mama, com busca ativa de pacientes para mamografia e encaminhamento para consulta médica.

 

A abertura do Outubro Rosa acontecerá em Marechal Deodoro, onde haverá um Fórum de Políticas Públicas com o laboratório Rocher. E, ao longo de todo o mês, serão realizados mutirões no Hospital Universitário, atividades educativas com os municípios de Pilar, Maravilha e São Miguel dos Campos, oficinas para os coordenadores da Atenção Primária, caminhada na praia, apresentação do Plano de Oncologia na Câmara Municipal de Maceió, além de ações sociais de arte-cultura e lazer e oficinas de embelezoterapia.

 

Em 2016, a Sesau assegurou na Programação Pactuada Integrada da Assistência (PPI-AL) a realização de 50.435 mamografias de rastreamento (mulheres assintomáticas na faixa etária de 50 a 69 anos) em todo o Estado. Do total pactuado foram realizadas até o dia 31 de julho 17.928 mamografias, com um alcance de meta de 35,54%. Este resultado ainda não é suficiente para reduzir a tendência de mortalidade por câncer. O diagnóstico ainda é feito em estágios mais avançados da doença.

 

A prevenção, para além das campanhas realizadas no mês de outubro, deve continuar ao longo de todo ano, é o que reforça Carmen Nascimento, técnica do Programa de Saúde da Mulher da Sesau.

 

 

“Há sempre uma campanha muito forte no Outubro Rosa, com divulgações mundiais e eventos, mas o tema, muitas vezes, é esquecido no decorrer do ano. É muito importante que todos participem de nossas ações durante o mês de outubro. O movimento ajuda a conscientizar as mulheres acerca da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e também da desmitificação da doença”, ressaltou.
A técnica do Programa de Saúde da Mulher da Sesau frisou, ainda, que a intenção é que as mulheres procurem fazer os exames, pois a prevenção é sempre o melhor caminho. “Quanto mais cedo for diagnosticado o câncer, mais chances de cura as mulheres têm e menos probabilidade de vir a óbito. Por isso, é importante que elas se cuidem e procurem a unidade de saúde para a realização dos exames”, explicou.

 

Sobre o movimento

 

O Outubro Rosa busca conscientizar a população para a importância do diagnóstico e tratamento precoces do câncer de mama. Nos Estados Unidos, desde os anos 1990, várias cidades e estados realizavam ações isoladas contra a doença no mês de outubro, que posteriormente se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama. O laço rosa simboliza mundialmente a luta contra a doença e, com o tempo, vários países e empresas aderiram à campanha.

 

Atualmente, muitas cidades enfeitam ruas e praças com laços rosa, iluminam monumentos com a cor e realizam eventos de conscientização como corridas, cursos e mutirões para a realização de exames. Além dos controles tradicionais, como a mamografia, o autoexame também é fundamental para mulheres de todas as idades. Se notar qualquer sinal estranho, como caroços, nódulos, secreções, mamas avermelhadas ou com textura anormal, procure um médico especializado.

Por: Traipu Notícia com Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *