Estado decreta situação de emergência em 40 municípios alagoanos

A baixa intensidade de chuvas, que cai de forma desordenada e abaixo da média, continua a assolar a região do Semiárido alagoano. Nesta quarta-feira (24), o Estado decretou, por um período de 180 dias, situação de emergência em 40 municípios em alerta à condição de ‘seca verde’, que provoca uma abundância enganosa de água graças ao falso aspecto esverdeado das vegetações. O comunicado foi publicado no Diário Oficial (DO).

Na tentativa de reverter o período de contingência, a Defesa Civil estadual já solicitou a liberação de recursos federais com a proposta de retomar a Operação Carro-pipa em Alagoas. Aliada à atuação incisiva do Exército no combate à seca na região, a ação vai garantir água de qualidade para consumo humano e animal em grande parte do Semiárido, como salienta o coordenador da Defesa Civil, major Moisés Melo.

“O primeiro passo já foi dado. Com o reconhecimento da Situação de Emergência podemos assegurar ajuda federal para contornar o estado de seca nos municípios. Mais uma vez, o nosso Semiárido sofre com períodos de chuva abaixo da média, o que acaba impedindo uma quantidade de armazenamento suficiente nas barreiras, açudes e cisternas”, explica Melo.

 

 

 

Foram declarados em situação anormal, caracterizada como Estado de Emergência, os municípios de Água Branca, Arapiraca, Batalha, Belo Monte, Cacimbinhas, Canapi, Carneiros, Coité do Nóia, Craíbas, Delmiro Gouveia, Dois Riachos, Estrela de Alagoas, Girau do Ponciano, Igaci, Igreja Nova, Inhapi, Jacaré dos Homens, Jaramataia, Lagoa da Canoa e Major Izidoro.

Ainda estão incluídas as cidades de Maravilha, Mata Grande, Minador do Negrão, Monteirópolis, Olho D´Água das Flores, Olho D´Água do Casado, Olivença, Ouro Branco, Palestina, Palmeira dos Índios, Pão de Açúcar, Pariconha, Poço das Trincheiras, Piranhas, Quebrangulo, Santana do Ipanema, São Braz, São José da Tapera, Senador Rui Palmeira e Traipu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *