Professores discutem importância das Ciências e da Pesquisa na Educação Básica

56fa186849cadb464d3f5960c848caaa_LEm busca do fortalecimento do ensino e da pesquisa na rede pública estadual, 170 professores de Física, Biologia, Química e Matemática iniciaram na segunda-feira (2) a participação no I Simpósio Alagoano de Ciências da Natureza e Matemática (SALCINM), que acontece no Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (Cepa). A programação do evento se estende até a tarde desta terça-feira (3), com palestras, oficinas, exposições de trabalhos, sessões do planetário, mesa-redonda e os primeiros informes e orientações acerca da edição 2016 da Feira de Ciências do Estado de Alagoas (Feceal).

Promovido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por meio da Superintendência de Políticas Educacionais (Suped) e Centro de Ciências e Tecnologia (Cecite), o simpósio tem como principal tema a importância da pesquisa na Educação Básica. Durante estes dois dias, haverá uma ampla discussão sobre componentes curriculares, incentivo à pesquisa nas escolas de Ensino Médio, o uso dos laboratórios existentes na rede e ampliação das produções, publicações e participação em eventos científicos.

Durante a abertura do simpósio, a secretária executiva da Educação, Laura Souza, declarou o interesse da Instituição em apoiar este tipo de iniciativa e destacou as ações desenvolvidas pela pasta para incentivar a iniciação científica entre os alunos da rede. “A aprendizagem do aluno está diretamente ligada à sua motivação. Projetos de iniciação científica despertam a curiosidade do jovem e, consequentemente, são grandes aliados da aprendizagem. Por isso, podem contar com o nosso apoio no desenvolvimento de projetos deste porte em suas escolas”, afirmou Laura.

De acordo com o superintendente da Suped, Ricardo Lisboa, a discussão iniciada no simpósio terá continuidade no decorrer do ano. “A ideia é debater o ensino da Matemática e Ciências da Natureza e construir uma agenda positiva, com estabelecimento de um cronograma para cada ciência e certificação para os professores participantes”, explicou o representante da Suped, destacando a importância e parceria da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) nesta ação.

Programação

Nesta terça-feira, o simpósio traz uma programação vasta. A partir das 8h30, serão realizadas oficinas e apresentações acerca dos projetos de iniciação científica em Astronomia do Observatório Astronômico Genival Leite Lima (OAGLL);Olimpíadas Brasileiras de Matemática (OBMEP) e Física, bem como palestras sobre a importância das pesquisas em Biologia e Química na Educação Básica. Já no horário da tarde, serão proferidas palestras sobre a importância do mestrado profissional bem como a apresentação do regulamento e primeiras orientações da Feceal 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *