Sesau disponibiliza mais de 3 milhões de preservativos no Carnaval

large (3)Para frear o aumento dos casos de alagoanos infectados pelo vírus HIV durante o Carnaval, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) disponibilizou 3,1 milhões de preservativos. A ação preventiva tem o intuito de evitar o avanço do vírus em Alagoas, uma vez que já são 5.179 portadores nos 102 municípios, onde 442 foram detectados somente em 2015.

Representando uma iniciativa preventiva, para evitar que mais alagoanos contraiam o vírus HIV durante as festas de momo, a distribuição de preservativos também deve combater outras Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), além da gravidez indesejada.  Do total de preservativos disponibilizados, 1,2 milhão já foi distribuído durante as prévias carnavalescas e, até o início das festividades de momo, serão mais 1,9 milhão.

De acordo com a secretária de Estado da Saúde, Rozangela Wyszomirska, antes do início do Carnaval, os preservativos podem ser solicitados nos postos de saúde espalhados nos 102 municípios alagoanos. Já durante as festas de momo, as Secretarias Municipais de Saúde deverão distribuí-los nos blocos de rua e desfiles carnavalescos.

“Comprovadamente a Aids, assim como outras DSTs, podem ser contraídas por meio do contato com sêmen, secreção vaginal e através de sexo. Por isso, recomendamos o uso do preservativo durante as relações sexuais e estamos disponibilizando esta proteção em quantidade satisfatória”, salientou Rozangela Wyszomirska.

A secretária de Estado da Saúde destacou, ainda, que os foliões devem se prevenir. “Como gestores públicos estamos cumprindo nosso papel, que é orientar e disponibilizar um mecanismo eficaz para evitar as DSTs. Cabe aos foliões seguir as recomendações dos técnicos da saúde e utilizar o preservativo durante a relação sexual. Não podemos permitir que o sexo desprotegido comprometa o resto da vida”, alertou.

Por: Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *