Cidade do Sertão alagoano registra tremor de terra na madrugada

csm_arap2_e90ff8e3c0Um tremor de terra de magnitude 2 na escala Richter, registrado pelo Observatório Sismológico da Universidade de Brasília, foi sentido na cidade de São José da Tapera, no Sertão de Alagoas, no final da noite dessa segunda-feira (23).

Moradores da cidade perceberam os abalos e, rapidamente, o assunto dominou as redes sociais. Em conversas no Whatsapp que foram encaminhadas ao TNH1, os moradores relatam que um grande estrondo, semelhante ao de uma explosão, e seguido dos tremores, foi sentido por volta da meia-noite.

Os moradores disseram ainda que suspeitaram se tratar de uma explosão de caixas eletrônicos de agências bancárias, por conta do histórico desse tipo de crime na região.

Mas, após ser consultado pelo TNH1, o professor George Sand França, integrante do Observatório Sismológico do Instituto de Geociência da Universidade de Brasília (UnB), confirmou o fenômeno e explicou que o tremor alcançou magnitude 2.0, suficiente para ser percebido pela população, mas não para provocar estragos na região.

O fato ocorreu às 23h50, e mereceu registro no site do Observatório e na página do Facebook.

“Nessa escala, não é tão preocupante, mas é suficiente para provocar um susto na população. Mas sendo no Nordeste, gera um pouco de preocupação, por ser uma região muito habitada e onde pode haver uma residência de estrutura precária”, esclareceu.

O fenômeno não é tão raro quanto se pensa no Brasil, e em Alagoas foi registrado há poucos dias pelo Observatório da UnB, em Traipu, também no Sertão. Lá, o tremor foi registrado por volta de 1h49, do último dia 19, e atingiu 1.6 na escala Richter.

Apesar o registro, o Observatório Sismológico classificou o abalo como imperceptível, ou seja, não deve ter sido notado pela população da cidade, já que aconteceu a 10 km de profundidade.

Por: TNH1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *