Mais de 400 professores de Traipu pedem a Justiça Federal bloqueio de recurso Milionário do Fundef

DSC00074-300x225Mais de 400 professores de Traipu, encabeçados por Nilton Nascimento, Maria Áurea e Alberto, junto ao escritório de advocacia lutam na justiça pelo recurso no valor de 47 Milhões de Reais referente ao Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental).

A ação tramita na 4ª vara da justiça de Maceio com o processo de n° 0011795-78.2003.4.05.8000. O objetivo é o bloqueio de 60% do valor dos 47 milhões referente ao Fundef que a prefeitura vai receber no próximo dia 10 a titulo de precatório.

Centenas de professores pediram o bloqueio do recurso para garantir que cada um tenha direito a indenização. No total foram 417 professores que entraram com ação.

Os profissionais da educação estão determinados a lutar por seus direitos e para isso contrataram escritório de advocacia movendo ações individuais. Uma das razões que motivou tal atitude foi a postura passiva do núcleo do Sinteal no município, no que se refere a luta pelos direitos da categoria. Em reunião realizada, professores questionaram a atitude gerando inúmeros constrangimentos entre a categoria no município, alguns comentavam entre si que a Sinteal com sua postura, defendia mais os interesses do Poder Executivo que da categoria.

Por: Redação

2 thoughts on “Mais de 400 professores de Traipu pedem a Justiça Federal bloqueio de recurso Milionário do Fundef

    • 2 de dezembro de 2015 at 08:40
      Permalink

      Nao sei o motivo mas nunca o Sindicato esta ao lado do professor, tem dinheiro na jogada.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *