Mãe e filho morrem após serem arremessados de caminhão desgovernado

201512271200_2def7108e9Mãe e filho morreram depois que o caminhão em que eles estavam caiu numa ribanceira, às margens da rodovia AL-480, na zona rural do município de Jundiá, no Norte de Alagoas. Testemunhas relataram que o condutor perdeu o controle da direção e o veículo sobrou em uma curva acentuada e capotou várias vezes na descida.

O caminhão Mercedes de placa KFQ-3632, de Água Preta, em Pernambuco, era conduzido por Alexandre dos Santos, de 60 anos. No veículo ainda estavam a esposa dele, Iracema Machado da Silva, de 45 anos, e o filho do casal, Alexandre Filho, de 24. Os dois passageiros morreram na hora após serem arremessados pela janela no instante do acidente.

Já o condutor escapou da morte apenas com ferimentos leves. Quem estava passando pela pista na hora do episódio informou que Alexandre dos Santos conseguiu descer do caminhão e pediu socorro na estrada, mas não houve tempo de salvar a família dele. Temendo ser preso, ele sumiu do local do crime. Testemunhas disseram que os três são de Pernambuco e estavam em Jundiá visitando parentes.

As duas vítimas fatais ficaram desfiguradas devido à violência do impacto. O Instituto Criminalística esteve no local e fez a perícia. Os corpos foram removidos, em seguida, para o Instituto Médico Legal (IML) de Maceió para exame de necropsia.

Por: Gazetaweb

Foto: Cortesia

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *