Funcionário de prefeitura grava vídeo agredindo menino deficiente mental

revoltanteUm vídeo que está circulando pelas redes sociais mostra a perversidade de um homem que agride, ameaça e faz tortura psicológica contra menino segundo as denúncias, portador de deficiência mental. O vídeo deixou muitas pessoas perplexas e revoltadas diante da crueldade do agressor.

Durante o vídeo, o agressor identificado apenas como “Júnior”, que também de acordo com as denúncias é funcionário da prefeitura de Limoeiro de Anadia, dá tapas na cabeça do menor, ameaça cortar o dedo e até matá-lo. As agressões acontecem em um prédio onde a todo instante o agressor também ameaça jogar o menino daquela altura.

Ainda segundo as conversas gravadas durante a tortura o agressor estaria chateado porque o menor teria usado o telefone dele e enviado uma mensagem em um grupo de whatsapp perguntando pelos “cornos e viados do grupo”.

Ao ser questionado sobre essa mensagem o menor nega mas após ser humilhado,  ter que ficar de joelhos e sofrer várias agressões e ameaças de morte, a vítima acaba confessando que enviou a mensagem mas que teria sido em um tom de brincadeira. A explicação não convence o agressor que continua as agressões.

As imagens do vídeo são gravadas por um outro homem que o agressor o chama de “Diego”. O Conselho Tutelar de Limoeiro de Anadia já denunciou o caso ao Ministério Público.

Veja o vídeo

POr: 7 Segundos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *