Animais levam perigo de morte em Traipu

ANIMAIS-NA-PISTAJumentos soltos na AL 487 Traipu, leva risco de morte a muitos condutores. É constante o tráfego de animais soltos trafegando na via que por si só já oferece muitos riscos aos condutores.

Animais e carros dividem espaço na AL, entre Traipu  e Girau do Ponciano, quem passa pela via , precisa de atenção e sorte para não colidir com os jegues que frequentemente passeiam pela pista. Pastando soltos entre as pequenas propriedades rurais que existem na região, eles surgem do matagal que cobre a beira da estrada, o que torna quase impossível para o motorista prever o acidente.

“Além dos animais na pista há a falta de acostamento na rodovia, que agrava ainda mais o problema”, explica um motorista. A presença inesperada já deixou registros de vítimas graves em diversos tipos de situação, segundo a polícia: carro que sai da pista, atropelamento do animal e riscos de capotamentos.

Em geral, é difícil achar o dono do animal ferido quando um acidente acontece. “A gente tenta ir pela marcação [de identificação do rebanho], mas quase nenhum tem”, diz motorista. No caso específico dos jegues, a exposição ao perigo reflete o abandono dos animais, outrora queridos e úteis em todo o Nordeste: o ‘boom’ do crédito e o aumento da renda observado nos últimos anos tornou o bicho obsoleto e amplamente substituído pelas motos.

É  comum a visualização de animais amarrados na beira da estrada, estes arrancam as amarras e trafegam levando auto risco de morte a todos.

Por: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *